Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Tuesday, 19 de September de 2017 - portalriomaina@live.com

Segurança

Violência recorrente ao tráfico de drogas em Criciúma é tema de documentário

Violência recorrente ao tráfico de drogas em Criciúma é tema de documentário

Os jovens, o crime organizado e o tráfico de drogas em Criciúma. Essas serão as principais vertentes do documentário “Mães Órfãs – Vítimas Além do Crime”, que será lançado pela ONG Voz do Gueto na Unesc, nesta próxima quarta-feira (20/9). A iniciativa tem apoio da Universidade por meio do NEAB (Núcleo de Estudos Afro-brasileiros, Indígenas e Minorias) e do DIDH (Programa Diversidades, Inclusão e Direitos Humanos) e será lançada às 19h30, no Bloco R2, sala 11.

O documentário vai abordar a quantidade de mortos, principalmente jovens, decorrentes de algum envolvimento com o tráfico e organizações criminosas. Ele traz a história de três mães e um jovem, todos do bairro Renascer de Criciúma, que relatam um pouco de suas vidas e como conseguem enfrentar o trauma vivido após perdas tão violentas.

“Todos os dias ficamos sabendo pelo noticiário, histórias de jovens que foram presos ou mortos em troca de tiros, fugas, ou simplesmente executados por estarem envolvidos com algum tipo de crime. O que geralmente não é mostrado, é o sofrimento vivido pela família e principalmente pelas mães desses jovens. Em nossa cidade isso não é diferente, apesar de Criciúma apresentar um ar pacato de cidade do interior, ela esconde uma realidade obscura de muito sofrimento e dor. ”, comentou o roteirista do documentário, Diego Rosa.

Texto: Mayra Lima

GALERIA DE FOTOS