Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Domingo, dia 05 de Fevereiro - portalriomaina@live.com

Geral

Vacinação será temporariamente paralisada durante recesso de Carnaval em Criciúma

Vacinação será temporariamente paralisada durante recesso de Carnaval em Criciúma

A Vigilância Epidemiológica de Criciúma vai recolher todo material imunobiológico das unidades de saúde do município durante os quatro dias de Carnaval. A medida é para garantir que nenhuma vacina seja perdida ou danificada enquanto as unidades estiverem fechadas. Segundo a gerente da Vigilância em Saúde do município, Suzana Vaz, o período de chuvas costuma provocar quedas de energia, podendo desligar refrigeradores e aparelhos de ar condicionado, que necessitam o funcionamento 24 horas por dia para manter a temperatura ideal das vacinas.

Para se manter dentro do padrão de qualidade para imunização da população, a vacina precisa ficar em local com temperatura entre dois a oito graus. “Durante feriados curtos e fins de semana a equipe de plantão consegue fazer esse monitoramento, mas quatro dias é muito tempo e não podemos arriscar”, conta a gerente.

Para evitar que qualquer material tenha a eficácia comprometida, uma equipe do setor de imunização vai recolher o material das unidades de saúde na sexta-feira (9) à tarde. Entretanto, as salas de vacinação voltam a atender normalmente após o Carnaval, na quarta-feira (14) à tarde. "A orientação da Vigilância Epidemiológica é que a população que precise fazer qualquer tipo de vacina, recorra às unidades de saúde antes ou após o carnaval", enfatiza Suzana.

Durante o recesso, o material será armazenado no setor de imunização da Vigilância Epidemiológica, em Criciúma, onde uma equipe estará de sobreaviso para os cuidados necessários. “Pedimos a compreensão de todos para essa medida preventiva, porque isso garante a qualidade do imunobiológico que é oferecido à população”, conclui a gerente.

Texto: Vivian Sipriano
Fotos: Arquivo Decom

GALERIA DE FOTOS