Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
domingo, 18 de dezembro de 2016 - portalriomaina@live.com

Tempo

Novos equipamentos modernizam sistema de prevenção de desastres em Criciúma

Novos equipamentos modernizam sistema de prevenção de desastres em Criciúma

Sonho antigo da Defesa Civil de Criciúma, o Centro de Monitoramento de Alerta e Alarme de Criciúma está prestes a virar realidade. A Prefeitura de Criciúma recebeu nesta semana equipamentos para estruturar a sala que auxiliará no monitoramento das condições meteorológicas e níveis pluviais na cidade. Os itens foram adquiridos pela Procuradoria do Trabalho no Município (PTM) de Criciúma e repassados à Defesa Civil através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

A Defesa Civil de Criciúma recebeu quatro TVs LCD, um computador, câmeras IP, gravadores digitais de vídeo, rádios comunicadores, telas de projeção e projetores. A sala tecnológica será montada na sede do órgão da Administração Municipal, localizada no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, no bairro Santa Bárbara.

O moderno Centro de Monitoramento permitirá análises sofisticadas e antecipadas sobre o risco de deslizamentos de terra e alagamentos em bairros específicos de Criciúma. “Agora as mudanças meteorológicas serão monitoradas com mais precisão. Teremos mais exatidão para nos preparar e agir em situações que coloquem a população em risco. É uma grande conquista para a nossa cidade”, explica a coordenadora da Defesa Civil de Criciúma, Angela Mello.

Além dos aparelhos para equipar a sala tecnológica, a Defesa Civil de Criciúma recebeu da PTM de Criciúma capas de chuva revestidas em PVC, botas de borracha, luvas látex, máscaras para fumaça tóxica, respiradores valvulados, protetores auriculares, medidores de pressão arterial digital, lanternas de LED recarregáveis e impermeáveis, coletes salva-vidas, roupas de neoprene, faroletes para automóvel, rolos de fitas para isolar áreas e giroflex.

De acordo com o prefeito Márcio Búrigo, o Governo de Criciúma pretende instalar o Centro de Monitoramento ainda em 2016. “Queremos equipar a sala o quanto antes. Batalhamos para garantir os aparelhos junto à Procuradoria do Trabalho, que sempre esteve à disposição para nos auxiliar. A Defesa Civil e toda a cidade de Criciúma merece essa estrutura que vai acabar beneficiando todo o Sul de Santa Catarina”, analisa.

Tecnologia auxilia Defesa Civil


Criciúma conta com aparelhos sofisticados para realizar análises e emitir alertas de risco de enchentes, enxurradas, inundações e deslizamentos de terra. Quatro pluviômetros automáticos, repassados pelo Governo Federal, através do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), foram instalados em fevereiro deste ano.

Os equipamentos estão fixados em pontos estratégicos: nas Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Judite Duarte de Oliveira, no bairro Sangão, José Giassi, na Quarta Linha, Profª Maria de Lourdes Carneiro, na Vila Francesa, e Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Profª Glaudinéia Ângela Citadin Furtado, no bairro Vila Rica.

Na última quarta-feira (14), técnicos do Cemaden instalaram um pluviômetro automático sobre a ponte da rua Álvaro Catão. O equipamento funcionava na rua Wenceslau Braz, no bairro Operária Nova, e foi deslocado devido a segunda etapa das obras de prolongamento do Canal Auxiliar ao Rio Criciúma. “A ponte da Wenceslau Braz, onde o pluviômetro estava fixado, será destruída futuramente para o andamento das obras”, conta Angela. 

Texto: Jhulian Pereira
Fotos: Jhulian Pereira

GALERIA DE FOTOS