Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Domingo, dia 02 de Fevereiro - portalriomaina@live.com

Economia

Materiais escolares tem variação de até 547% entre produtos semelhantes

Materiais escolares tem variação de até 547% entre produtos semelhantes

Com o início do ano letivo no dia 19 de fevereiro, muitos pais ou responsáveis se programam para a compra de artigos escolares. Com o intuito de informar sobre a importância da análise prévia de preços, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma realizou, na última semana, uma pesquisa em sete estabelecimentos de Criciúma. Foram levados em conta 35 itens presentes nas listas de materiais escolares deste ano, com variação de 547% entre produtos semelhantes.

O levantamento registrou valores entre 2% e 26% menores em relação a última pesquisa realizada em dezembro de 2017. “É importante ressaltar que pesquisar antes de comprar é essencial para uma economia no orçamento familiar de até 62% nos materiais escolares. Como exemplo de diferença de preços, os esquadros de 45º e 60º foram itens que apresentaram mudanças mais significativas nos valores entre estabelecimentos, chegando a 547% de diferença.”, explica o coordenador do Procon, Gilberto Santos.

Um levantamento semelhante, realizado pelo órgão em dezembro de 2017, constatou uma variação máxima de 540%, no produto régua plástica de 30 centímetros, e mínima de 3% nos dicionários de Língua Portuguesa, valor que também ilustrou a variação mínima entre estabelecimentos no apuramento de janeiro.

Para mais informações, o consumidor pode acessar o site do Procon (http://www.criciuma.sc.gov.br/procon/), onde o órgão disponibiliza todas as pesquisas de preços na integra. Dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (48) 3445-8522 ou presencialmente na sede do Procon, na Rua Henrique Lage, n° 267, no Centro. O horário de funcionamento é de segunda-feira a sexta-feira, entre 8h e 17h.

Texto: Fagner Santos
Fotos: Arquivo Decom/Fagner Santos

GALERIA DE FOTOS