Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Monday, 31 de July de 2017 - portalriomaina@live.com

Segurança

Detentos que trabalham na Fábrica de Lajotas da Bairro Santa Luzia recebem uniformes

Detentos que trabalham na Fábrica de Lajotas da Bairro Santa Luzia recebem uniformes

Na última quinta-feira (27), o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, realizou a entrega das primeiras camisetas aos detentos do Projeto Segunda Chance, da Secretaria de Assistência Social. Das 50 camisetas confeccionadas, foram entregues 22, sendo duas a cada apenado que trabalha na fabricação de lajotas. A entrega ocorreu na subprefeitura da Santa Luzia.

De acordo com o secretário de Assistência Social, Paulo Cesar Bitencourt, as demais camisetas serão entregues conforme a demanda de trabalhadores. “Os apenados não tinham uniformes, precisavam trabalhar com suas próprias roupas. A iniciativa, além de contribuir com os detentos, também deixará o Projeto Segunda Chance mais profissional”, explica. “A oportunidade que eles estão recebendo será fundamental para seguirem suas vidas quando terminarem de cumprir suas penas”, completa Bitencourt.

O programa Segunda Chance iniciou no dia 17 de março deste ano e já beneficiou mais de 50 detentos. Além da oportunidade da ressocialização, eles recebem um salário mínimo e a redução de um dia de pena a cada três dias trabalhados. “A maior vantagem deste projeto é que eles vão sair daqui com uma profissão, pois o trabalho é o verdadeiro valor da vida. Já tivemos dois apenados que após cumprirem a pena, começaram a trabalhar na iniciativa privada”, salienta o prefeito.

Antes da Fábrica de Lajotas, os apenados participaram da entrega de telhas aos moradores atingidos pelo temporal no início do ano e na limpeza e reparos das vias públicas. “É muito gratificante vê-los mudando de vida, é uma forma de também estarem ajudando as suas famílias”, comenta o responsável pela Fábrica de Lajotas, Antônio de Oliveira.

Texto: Ana de Mattia
Fotos: Émerson Justo