Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Thursday, 18 de January de 2018 - portalriomaina@live.com

Economia

Clésio Salvaro diz que vai aumentar o IPTU em 2018 e se justifica

Clésio Salvaro diz que vai aumentar o IPTU em 2018 e se justifica

A partir desta quinta-feira (18), os contribuintes de Criciúma já podem emitir o boleto para o pagamento do Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) de 2018. Os carnês estão disponíveis para a retirada em pontos físicos, via internet ou por e-mail, mediante solicitação via ligação telefônica. Os moradores com direito a isenção da taxa, têm até o dia 30 de março para requererem o benefício.

Novos critérios na alteração da cobrança do imposto, em 2018 foram adotados. Vamos, por meio deste, esclarecer.

Alterações:

1. IPTU:


Parcelamento - poderá ser parcelado em até 10 vezes (antes era até 6).

Isenção – foram ampliados os critérios de isenção, aumentando em 50%, antes beneficiava imóveis de até 100m², passou para 150m², também aumentou o benefício sobre a área territorial, passando de 450m² para até 600m².

Foi retirada o redutor de 50% no valor do terreno dos imóveis residenciais, para fins de cobrança do IPTU, compatibilizando a Lei Municipal à Constituição Federal.

Classificação do Padrão Construtivo - Foi regulamentado. O município possui aproximadamente 100 mil edificações. Destas, apenas 304 estavam equivocadamente classificadas como padrão ALTO. Essa foi a alteração mais substancial em termos de valores e que atingiu maior número de pessoas.

Edificações irregulares - Lançamento de edificações que estavam como terreno baldio (não pagavam sobre e edificação e nem a taxa de lixo) através de geo-processamento (iniciamos por BAIRROS NOBRES e CONDOMÍNIO HORIZONTAIS DE LUXO.

Correção do Zoneamento Fiscal (havia casas no Pio Correa pagando o imposto como zonas de bairros populares.

Atualização monetária de 1,95%. (INPC acumulado últimos 12 meses).


2. A Taxa de Coleta de Lixo – nos apartamentos, assim como já ocorria nas casas, será somado a área do box de garagem ao restante da área construída para servir de base de cálculo, pois da forma que estava feria o princípio da isonomia.

3. COSIP (Iluminação Pública) - começou a ser cobrada em imóveis baldios.


Observação pertinente:

- Um carro avaliado em R$ 70 mil, o valor de IPVA é de R$ 1,4 mil.

- Um imóvel avaliado em R$ 700 mil, o valor de IPTU+LIXO é de R$ 1,5 mil.

A Prefeitura de Criciúma coloca-se a disposição para demais esclarecimentos.

Texto: Diretoria de Comunicação