Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Thursday, 15 de February de 2018

Giovani Felipe

Por uma Santa Catarina Melhor

Santa Catarina nos últimos 16 anos foi governada com um acordo burguês para manter o domínio político e as estruturas dominantes a frente de tudo. Não obstante disso a história política mostra que o mesmo grupo econômico está na mesa do governo ditando as regras do jogo estatal estadual a muito tempo. É preciso uma mudança brusca para interromper esse ciclo de poder e realizar a mudança que nosso Estado necessita.

Mesmo a frente do Governo por muito tempo não é possível ver nosso estado dando oportunidades iguais a todxs, pelo contrário o sonho de muitos catarinenses são ceifados a cada a dia e direitos conquistados estão em cheque. É preciso com isso, defender os direitos das minorias e pensar um governo que coloque com prioridades as lutas dos movimentos sociais: quilombolas, indígenas, sem-terra e LGBTT e etc.

A política econômica do Estado também precarizou a educação e o serviço público como um todo. Na educação o sucateamento é uma realidade. A defasagem de profissionais que impossibilita a qualidade no ensino, a estrutura física está destruída. Essa educação é mascarada por números e que têm na reforma do Ensino Médio a Salvação para os problemas.

É preciso projetos voltados para educação e que coloquem em prática propostas para educação que são: PIB de 10% para educação; Liberdade religiosa; Ensino de filosofia e Sociologia; Gestão democrática; fim do capital estrangeiro na Educação; Educação Infantil para crianças de até seis anos; Acesso e permanência para Universidades e Liberdade religiosa. Além disso é preciso colocar a Educação com prioridade, ampliando o sistema universitário e criando um Instituto Estadual de Ciência e Tecnologia, que tenha uma formação omnilateral, politécnica e emancipação Humana. A educação é a forma mais rápida e eficaz para transformar uma sociedade e deve ser nesse momento uma prioridade.

Esses é um ponto específico que mostra que a resistência e a luta se faz necessária para acabar com um modelo de governo elitista. Realmente não será fácil, isso porque a Elite Burguesa do Estado estão de mãos dadas apenas em nome do poder e a manutenção do status quo. Deixam de lado diferenças e os objetivos são o poder pelo poder. Quem perde com isso é a população que sofre dia a dia o descaso de um governo que não pensa no povo.

A verdadeira transformação é possível se haver união e renovação e a ferramenta para isso é a Educação pública de qualidade. Todavia o estado que constrói presídios e fecha escola vai em contramão desse projeto de governo. Por uma Santa Catarina melhor é preciso mais do que nunca uma renovação político partidária é o fim da tríplice aliança.