Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Domingo, dia 26 de Dezembro - advrampinelli@msn.com

Jucemar Rampinelli

DIRETO AO DIREITO

E chegou a nossa vez


No dia 06 de janeiro, aniversário de Criciúma e o Rio Maina ganha o presente. E que presente! O Parque dos Imigrantes inaugura um novo tempo, um divisor de antes e depois dele. Uma mudança de centro, um novo espaço de crescimento e desenvolvimento do distrito.

 

A vida premia quem trabalha

O clima sugere boas expectativas, renovação de planos e sonhos e, ao trabalhador, a recompensa e reconhecimento. Prefeito Clésio Salvaro, com a entrega do Parque dos Imigrantes, por longo tempo, colherá os frutos da competência e ousadia.

 

Rio Maina precisa acordar

A vinda do parque imprime uma nova agenda para o distrito. Nos ressentimos de um grande líder, um catalisador dos anseios da região. Foi o tempo do varejinho. É preciso não um salvador, mas alguém com capacidade de aglutinar as lideranças e nortear o desenvolvimento do grande Rio Maina.

 

Os entes organizados desorganizados

A falta de um amálgama não se dá por ausência de líder, mas pela fraqueza daqueles que se dizem ser. Os agentes transformadores não têm cargo eletivo, tem inspiração e muita transpiração. Se são competentes em organizar suas entidades individualmente, o inverso se dá na organização coletiva delas, deixando de pensar questões estruturantes do distrito.

Pensar questões estruturantes do distrito..hummm!