Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Sunday, 20 de December de 2015

Giovani Felipe

BOAS FESTAS!!!

Que época de ano especial, neste período é comum as luzes, músicas, decorações. Percebemos sentimentos de alegrias, felicidade esperança. Todavia, uma cortina de fumaça paira no ar cobrindo tantos outros problemas, que enfrentamos ao longo do ano, tudo isto em virtude de deixarmos de lado sentimentos especiais como: respeito, amor e honestidade. Este é um tempo também de reflexão, então, reflita e faça a diferença sempre o ano inteiro.

Esta semana meu ídolo Guga kuertem emocionou o Brasil ao pedir para que cada um de nós fossemos honestos. Atitude de honestidade e respeito ao próximo não devem ser realizados em apenas um período, mas o ano todo. Das muitas coisas que faltam em nossa sociedade uma delas é cada um ser honesto e justo e isto não pode ser condicionado apenas a uma data.

Outro cidadão denominado palhaço Tiririca, também surpreendeu a todos neste período ao dizer que honestidade é um dever de cada um, demostrou com isso que de palhaço não tem nada. Ser honesto é algo necessário para termos uma sociedade mais justa e fraterna e deste modo começarmos a ter boas vibrações e realizações o ano inteiro. Então, teremos muito o que comemorar.

Um dos motivos para que nossa sociedade não seja de festas o durante um ano está diretamente ligado ao cristianismo. Isto mesmo. Há muitas pessoas que vivem dentro de suas igrejas e congregações, que vão as suas missas e cultos, que congregam ou que são leigos, mas que diariamente não são verdadeiros cristãos.

Essas pessoas acham que por estar na presença de “Deus”, que por ser um servo fiel, não precisa-se de mais nada. Acham que ser um católico ou evangélico atuante já está bom e acabam deixados de lado o respeito ao vizinho, a comunidade e aos que não estão no seu círculo de confiança. O maior de todos nós, viveu e morreu, dizendo para que fossemos justo e amassemos uns aos outros como a nós mesmos. Já se passaram 2015 anos e nada mudou, não conseguimos ainda apreender a primeira e maior lição.

Boas festas têm que ocorrer o ano inteiro e está é uma missão de todos nós. Sentimentos de honestidade, amor têm que prevalecer sempre. Nunca gostei de datas comemorativas, pois elas trazem algo de maior interesse que é o capitalismo. Sou a favor de comemorações e festividades e amor ao próximo o ano inteiro. Todo este artigo visa apenas mostrar que sejamos pessoas boas durante o ano e não apenas no período de festas. Sejam e façam felizes. É preciso amar sem ser amado, perdoar sem ser perdoado e doar-se sem pensar em ganhar e assim fazer a diferença.

Por fim, Boas Festas a todos e a todas, durante e em todos os dias, e que seja um ano de paz e realizações sempre para: Homens, mulheres, pais, mães, trabalhadores, empresários, políticos, jornalistas, estudantes, professores, servidores, jovens, crianças, anciãos. Emfim, a todos sem distinção de: cor, raça, língua, religião e gênero.